Mãe mata o filho por não dizer "Amém" depois de comer

Uma mulher de 21 anos foi acusada do homicídio em primeiro grau do filho de 19 meses, nos Estados Unidos. A americana, ligada a uma seita religiosa, recusou-se, alegadamente, a alimentar a criança por esta não dizer "Amém" após as refeições.

Segundo a edição do jornal "The Baltimore Sun", Ria Ramkisson, de 21 anos, foi acusada formalmente da morte do filho, em conjunto com outros três membros da seita.

Documentos apresentados às autoridades judiciais revelam que nem a mulher, nem os outros acusados, solicitaram ajuda médica quando a criança, identificada como Javon, deixou de respirar e morreu nos braços da mãe.

A mulher terá ocultado o cadáver numa mala durante mais de um ano, até que agentes da Polícia de Baltimore, Maryland, o encontraram na cidade da Filadélfia, na Pensilvânia.

Tem louco para tudo... 

Voltar
Copyrights © Habblack 2008-2009. Habblack, Forum, Habblackpedia E Comunidade. O Habblack Não Pertence A Sulake Group E Nem Habbo Corporation. termos De Uso HABBLOG